Movimento SuperAção

Billy Saga é Presidnte da ONG Movimento SuperAção, criada em 2003 por jovens com e sem deficiência preocupados com uma sociedade que ainda não reconhece a cidadania das pessoas com deficiência.

Para transformar esta realidade, garantindo justiça social a todos indistintamente, o Movimento SuperAção desenvolveu uma estratégia de ação e mobilização social baseada na militância, estimulando o trabalho em rede com organizações ligadas à defesa das pessoas com deficiência.

Saiba mais: www.movimentosuperacao.org.br


BR2UK

BR2UK é um projeto de intercâmbio cultural, entre Brasil e Reino Unido, nascido em Novembro de 2013 quando, em visita ao Brasil, o grafiteiro e DJ de Newcastle Mudfoot Blaps conheceu o rapper paulistano Billy Saga. Em algumas horas de conversa, a sintonia musical e ideológica estava estabelecida.

No mesmo mês, Mudfoot e Saga atuaram na idealização e execução de dois projetos: Workshop de HipHop para os alunos do Projeto Guri e Grafite coletivo e discotecagem no I Encontro de Cultura e Inclusão – Musicais Diferenças.

grafiti

Dessa faísca surgiu o projeto de troca musical e cultural, unindo a cena Hip Hop dos 2 países.

Em turnê pela inglaterra em setembro de 2016, Billy Saga atuou numa session de frista com seus parceiros britânicos.

Saiba Mais: www.br2uk.com


Kid Campbell

Em sua primeira turnê pela Inglaterra, em setembro de 2016, Billy Saga atuou com os 2 DJs: Ben Glass e Sam Fergusson, formando o projeto Kid Campbell.

Kid Campbell foi formada quando DJ Frenic (também conhecido como Sam Fergusson) e Digistep (aka Ben Glass) começaram a colaborar musicalmente. Frenic, do mundo do hip-hop e  Digistep, do Dubkasm, juntaram forças e começaram a produzir um som híbrido aproveitando a essência crua dos dois gêneros. Desenterrando gravações de cassetes musicais criadas na adolescência, Ben passou suas fitas para Frenic, que começou a reinventar versões, remixando-as. “Comecei a experimentar a música, trazendo os sons granulados de volta à vida depois de vinte anos de hibernação empoeirada” – afirma Ben Glass.

O elemento que faltava para dar voz ao projeto se concretizou com o convite de Ben à Billy Saga. O fruto dessa junção foi celebrado na turnê de Billy com shows no Millennium Park como parte das Paraolimpíadas e no Royal Festival Hall, e posteriormente, em Bristol e Newcastle concluindo a turnê.

Frenic é DJ de scratch profissional há 16 anos, apoiando nomes conhecidos como Jurassic 5, DJ Jazzy Jeff, Afrika Bambaataa, Beatnuts e Pharcyde. Sua produção musical, influenciada pelos gostos do DJ Shadow, trouxe sucesso internacional, principalmente na Grécia, onde vem liderando a cena. Produzindo faixas para locais e lendas; projetos recentes incluíram batidas para ASM e Marc7 de Jurassic 5.

O projeto de longo prazo de Digistep, Dubkasm é um dos melhores dub outfits no cenário internacional de reggae roots, trabalhando como um duo com o também DJ de Bristol, Stryda. Desde sua formação em 1994, eles estabeleceram sua própria gravadora em 2003 e lançaram 28 discos de vinil. O show ao vivo do Dub incorpora o saxofone ao vivo de Ben e os elementos da cultura do sistema de som como um conjunto de vinil e dubplate. Tendo se apresentado em mais de 20 países, bem como em Nova York, Brasil, Rússia e até a Sibéria. Seu hit Victory se tornou o mais vendido da década, mais tarde remixado pela lenda britânica Mala.

Para Billy Saga, é uma honra ser a força no microfone na linha de frente, que completa a tríade da formação de Kid Campbell.

Confira uma das atuações ao vivo em Londres:


Caos on Canvas

Billy Saga, além de músico é artista plástico e foi convidado para estrear com sua obra Odoyá no projeto  Caos on Canvas.

Caos on Canvas é um projeto de intervenção em fotografias que promove a disruptura da arte. Transformando as imagens em diversos formatos inusitados, a nossa maneira de enxergar as novas obras de arte é impactada.

O tema desta mostra explora o universo do surfe, um esporte que vem conquistando os corações Brasileiros por causa do grande sucesso dos seus atletas no circuito mundial. Os curadores da exposição escolheram imagens mundialmente conhecidas que marcaram momentos importantes deste esporte nos últimos anos.

Integrando a fotografia com diversas outras modalidades de arte, a mostra consolida vínculos entre artistas Brasileiros e internacionais nas áreas de design, artes plásticas, música, moda, cinema, tatuagem e a inclusão de artistas com deficiência visual da Associação Laramara.

A segunda edição do Caos on Canvas acontece no Brasil e nos Estados Unidos com o patrocínio de renome mundial do Hotel Unique. Em São Paulo, a mostra ocorre durante o mês de abril nas instalações do hotel. Em Los Angeles, a exposição é uma parceria com o Consulado Geral do Brasil, realizada em maio na Galeria Vinícius de Moraes.

caosoncanvas1

caosoncanvas2

Saiba mais: www.caosoncanvas.com.br


Arte surda

O termo Arte Surda transita entre artistas, acadêmicos, militantes, surdos e ouvintes, com diferentes significações, sendo ainda bastante impreciso.

Entre esses diversos olhares e perspectivas, as reflexões sobre o tema podem contribuir para fomentar, consolidar e divulgar esse “novo” campo de experimentações estéticas.

Contribuindo para dar visibilidade e empoderar as comunidades surdas brasileiras, uma vez que a “cultura surda” é um dos principais esteios das lutas por direitos desses grupos minoritários – e a arte surda, em toda a sua potência transformadora, um importante vetor nesse processo histórico, Billy Saga apresenta suas experiências artísticas nessa área.

Saiba mais: www.artesurda.org.br


 

Viva suas cores – STABILO

Billy Saga foi convidado para compor o tema da campanha 2016 da marca de canetas STABILO. Ele fez um clipe e um depoimento. Vejam: